quarta-feira, 15 de novembro de 2017

À descoberta da Biblioteca da Escola Secundária Mouzinho da Silveira

     No início deste mês de novembro, os alunos do 7º ano partiram "À descoberta da Biblioteca Escolar".
 
 
    
 



    A partir de um guia, os alunos foram respondendo a várias questões que lhes permitiram simultaneamente recolher várias informações sobre o funcionamento e os recursos da nossa Biblioteca.
 
 
 
 
   


 
       O interesse foi evidente, não só durante a visita, como também nas respostas dadas no respetivo guia.
 


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Contar histórias!



     Os alunos dos 10º D e E, no passado dia 26 de Outubro, visitaram duas turmas de 2º e 3º anos, da escola da Praceta.




 Estes alunos escreveram contos originais, destinados especificamente a este nível etário, tendo sido escolhidos alguns deles para serem, então, lidos aos mais pequeninos.






   Houve interesse, animação e convívio entre todos, fazendo deste momento algo a repetir num futuro próximo. Nesse sentido, os nossos ouvintes foram convidados a elaborar desenhos sobre os contos que tinham ouvido, para a realização de uma exposição na biblioteca da escola secundária Mouzinho da Silveira; os alunos mais velhos convidaram-nos para também eles os visitarem nas suas salas de aula.









 







   Aqui fica um dos vários contos que foi lido neste encontro.


     

  Nem todos somos iguais…

Era uma vez uma raposa. Esta raposa, ainda pequena, vivia sozinha, pois tinha perdido os seus pais que tinham sido caçados por homens sem humanidade alguma. Então, a nossa pequena raposinha tinha de tratar de si própria, naquela que era a sua casa, uma grande floresta, cheia de vida, com cantos e recantos misteriosos.                                                    

Um dia, a raposa estava a beber água do rio, quando vê surgir, como um relâmpago, uma grande chama do seu lado direito. Ela olha em seu redor…  o resto da floresta estava também em chamas!... como estava com medo, pois nunca ninguém a ensinara a lidar com tudo aquilo, saltou para o rio esperando que o incêndio fosse extinto, mas nada acontecia. Ela começava a ficar com fome e não sabia o que fazer. Dali assistia a tudo: as árvores estavam a ser consumidas pelas labaredas, o céu ficava negro, imensos animais fugiam da floresta com toda a pressa, acompanhados pelas suas famílias… A raposa começou a pensar que iria ficar ali, sozinha, dentro daquela água fria, no meio da floresta queimada. Até que apareceram vários homens por entre as chamas, eles vestiam roupas muito grossas e tinham uma grande mangueira. Eram os bombeiros que vinham apagar o fogo! Mas a nossa querida raposita continuava preocupada. Apesar das chamas estarem agora extintas, estavam ali seres, parecidos com os que tinham assassinado os seus pais… sentia-se perdida. Estava no meio da água, completamente ensopada, não tinha floresta onde se esconder…certamente anunciava-se mais uma desgraça e aqueles homens iriam matá-la!...     Foi então que um dos homens, um bombeiro, tirou o capacete e olhou para o rio: lá estava a raposa, muito aflita, a tentar nadar para conseguir fugir, sabe-se lá para onde!.... O bombeiro começa a correr para o rio e apanha o animal que estava a morrer de medo nos seus braços. A pobre raposa olhou para o homem… era estranho, mas sentia-se segura nos seus braços, havia qualquer coisa nele que lhe inspirava confiança. O homem levou-a para casa e alimentou-a. Com um cobertor, aqueceu-a. Com a sua voz, calma e serena, deu-lhe confiança. Com o seu olhar e as suas mãos acarinhou-a e deu-lhe amor. A raposa percebeu, então, que nem todos os homens eram iguais e entendeu que, ali e naquele momento, tinha encontrado a sua família e um novo lar.     


  Francisco Relvas 10º E
 

OPEN ACCESS


       Na Semana Internacional do Acesso Aberto, os alunos do 11ºD assistiram a uma sessão de esclarecimento, no dia 25/10, sob a orientação da professora  Amélia Canhoto, do IPP.
 


   



  Os alunos tomaram conhecimento sobre vários aspetos, como - o que é o Acesso Aberto,  onde e como pesquisar, o sentido e vantagens dos repositórios, bem como algumas plataformas de acesso ao projeto. Foi uma sessão produtiva e bastante dinâmica, correspondendo plenamente aos objetivos propostos.



quarta-feira, 25 de outubro de 2017

À Descoberta da Biblioteca!




    

 

     No dia 24/10/2017, os alunos EBAS realizaram uma visita guiada à Biblioteca da escola Secundária Mouzinho da Silveira, tendo por "guia" a aluna Irene Gomes, que se encontra aí a realizar um PIT.
       A atividade, inserida nas comemorações do mês das Bibliotecas Escolares, atingiu plenamente os seus objetivos, reflexo do interesse dos participantes que, no final, realizaram e responderam ao roteiro "À descoberta da BE".







terça-feira, 13 de junho de 2017

Por acaso viste o mar?

No dia 5 de junho  os meninos do  JI da Praceta e da Corredoura receberam a visita da autora Alda Serras que apresentou o seu livro Por acaso viste o mar?
Para além de contar a história a Alda fez-se acompanhar de um conjunto de adereços que ajudaram à compreensão da mensagem  e  à interação com as crianças.
Foram sessões muito animadas e  que  alertaram  para os problemas do ambiente.
Boa maneira de celebrar o Dia Mundial do ambiente!
 



terça-feira, 6 de junho de 2017

Feira do Livro Usado


De 30 de maio a 2 de junho teve lugar a Feira do Livro Usado  que se realizou na Escola Mouzinho da  Silveira.  A comunidade educativa teve oportunidade de vender e /ou comprar  livros e ainda contribuir com 10% do montante das  vendas para a BE.